O que é e como funciona o Swing Trade?

Operação de pequenos prazos e riscos pode ser uma boa opção na hora de investir

Se você não está habituado, o mercado de investimentos pode parecer à primeira vista um verdadeiro bicho de sete cabeças. Na maioria das vezes, a abordagem utilizada por veículos de comunicação pode afastar potenciais investidores deste ramo bastante rentável. Outro motivo que pode assustar em uma rápida lida nas notícias sobre investimentos, são os termos e conceitos, que pela sua nomenclatura, podem dar a entender que são complexos demais. A grande verdade é que investir não é algo complexo como parece e, para provar, explicaremos para você sobre uma comum operação de investimentos, o Swing Trade.

Diferente do Day Trade, destinado para investidores de longa viagem, o Swing Trade é uma estratégia de operação na bolsa de valores que pode ser operada a curto ou médio prazo, possuindo um caráter mais versátil, não necessariamente sendo a principal fonte de renda do investidor. Basicamente, o Swing Trade é forma de trading de curto prazo, utilizado pela maioria dos traders que têm outras profissões e uma das principais metodologias de trabalho do ramo de investimentos.

De maneira geral, o método baseia-se nas tendências de mercado, que podem ocorrer dentro de alguns dias e podendo durar uma semana ou mais. O objetivo da estratégia, portanto, é aproveitar variações de preços sobre os ativos que são negociados na Bolsa em um curto prazo, exatamente o que o torna um método que possui aplicações que começam e terminam dentro de poucas semanas.

Como funciona o Swing Trade?

Não tem muito mistério acerca de como funciona esta operação. O investidor interessado em investir no Swing Trade terá de analisar o cenário do mercado. Baseando-se em suas avaliações, com as informações adquiridas, ele confirmará se haverá grandes chances de um determinado ativo subir nos próximos dias. Em resumo, ao ter conhecimento sobre o preço dos papéis, você projetará o valor a ser alcançado, impondo a sua própria meta.

Mas leve em consideração que estamos lidando com renda variável, o que quer dizer que o preço pode subir ou cair. É exatamente por isso que o investidor trabalha focado em duas situações opostas: a primeira em caso de alta, a segunda em caso de baixa. Desse modo, quando a cotação atingir um dos dois pontos significa que é chegado o momento de abrir mão do ativo.

Em outras palavras, estabelecer metas e considerar uma possível alta ou queda do mercado, entendendo as variações dos preços dos ativos, investir em Swing Trade significa estipular um preço de entrada e, em cima disso, considerar o lucro e o prejuízo estimado.

Estratégia baseada no conhecimento

O período em que o investidor swing trader permanece com os papéis dependerá de sua estratégia que, por sua vez, depende do momento de mercado. Tenha em mente que você precisará acompanhar todas as informações sobre o mercado financeiro, atentando-se aos setores e companhias que você deseja investir, analisando detalhadamente a fim de encontrar as melhores oportunidades, além de estar convicto nas suas próprias estratégias, respeitando os limites estimados de lucro e/ou prejuízo. Em outras palavras, o swing trader precisa ter excelente conhecimento no mercado de capitais.

Além do conhecimento, o investidor precisará concentrar-se em utilizar uma boa ferramenta de trabalho, a qual neste caso é a análise técnica, ideal para encontrar boas oportunidades no curto prazo. Também chamada de análise gráfica, essa ferramenta consiste na observação das tendências que aparecem de acordo com a movimentação do mercado.

No Swing Trade, o investidor terá de valer-se dos gráficos para saber especular. Como swing trader, você utilizará o gráfico diário, 60 minutos e intraday, podendo ler o mercado a fim de responder de maneira reativa, na contramão da proativa. A vantagem é que o investidor não necessariamente terá de acompanhar o mercado ponto a ponto, ainda que seja muito importante acompanhá-lo diariamente.

Busque ainda mais conhecimento

No final das contas, o Swing Trade é uma excelente maneira de se operar na Bolsa de Valores, mas busque ir atrás de saber se a operação se adequa ao seu perfil. Mesmo sendo bastante rentável, não significa que você ficará rico da noite para o dia e, mesmo que você possua patrimônio suficiente para grandes investimentos, é muito importante dominar as técnicas de se operar na Bolsa de Valores.

E se por fim você viu que o seu perfil é mesmo o de um swing trader, estude, esteja atento às notícias e pratique em simuladores. A partir deste momento você poderá ter a segurança de investir o seu dinheiro de forma gradativa. E tenha sempre em mente que o investir se trata de uma atividade profissional, por isso é muito importante capacitar-se e manter-se em atividade.

Tags: investimentos Swing Trade

Veja mais