Educação financeira é peça-chave para planejar pós-carreira

Especialista mostra que investir em previdência complementar é uma ótima alternativa para que as pessoas consigam viver melhor no futuro

Você já parou para fazer as contas e ver quanto precisa juntar para se aposentar com tranquilidade? Nos últimos tempos, esse questionamento tem sido feito pela maioria dos brasileiros que ainda está trabalhando. Pensar em como organizar o orçamento durante a aposentadoria passou a ser ainda mais importante agora.

Uma pesquisa desenvolvida pela UniCarioca mostrou que 41% das pessoas entrevistadas desejam continuar trabalhando – mesmo após se aposentarem. Os motivos são vários:

  • 50% precisam complementar a renda e garantir o sustento da família.
  • 18% querem manter o mesmo padrão de vida.
  • 17% gostam do que fazem.
  • 10% têm medo de ficarem ociosos.
  • 5% outros motivos.

Os dados trazem uma constatação importante e, ao mesmo tempo, preocupante: os brasileiros já sabem que suas finanças estarão comprometidas caso o salário da aposentadoria seja a única fonte de renda, segundo o especialista em educação financeira Uesley Lima. Ele defende que as pessoas precisam encontrar alternativas, ainda no período laboral, para que possam se planejar e desfrutar integralmente do descanso no pós-carreira, sem ter que desenvolver qualquer atividade por obrigação.

O especialista afirma que a previdência complementar é uma das grandes alternativas para que as pessoas consigam viver melhor no futuro. Lima explica que com um pequeno valor aplicado por mês já é possível constituir uma boa reserva financeira.

Um dos pontos positivos levantados por Lima é o aumento do interesse do assunto por parte dos jovens. A mesma pesquisa mostra que 31% dos jovens de 26 a 35 anos estão preocupados em planejar a própria aposentadoria.

Uesley Lima que é fundador do Grupo The One, empresa que atua com treinamentos para novos operadores da Bolsa de Valores, o número de pessoas interessadas pelo assunto cresceu consideravelmente, se comparado com 2016. Segundo dado da empresa, o aumento passou de 100%, tanto de interesses, quanto de alunos matriculados nos cursos e novos investidores, a partir da parceria da empresa com instituições de investimentos no geral, usando informações colhidas pelos alunos.

Tags: aposentadoria pós-carreira previdência complementar previdência privada

Veja mais